A. D. Machico mostra-se incrédula com a decisão do Conselho de Disciplina

Data de publicação: 3 Maio, 2019

A Associação Desportiva de Machico mostra-se incrédula com a decisão do Conselho de Disciplina da Associação de Futebol da Madeira sobre os factos ocorridos no jogo referente à 7ª jornada a contar para o Campeonato Divisão de Honra Regional Seniores entre o CD 1º de Maio e a Associação Desportiva de Machico no passado dia 29 de dezembro de 2018, o qual resultou na expulsão do nosso treinador Luís Miguel Vieira, tendo sido suspenso desde então, bem como na expulsão de 2 jogadores da AD Machico. 

 Seguiu-se um processo disciplinar desencadeado pelo Conselho de Disciplina da Associação de Futebol da Madeira ao treinador Luís Miguel Vieira, o qual para além do tempo que levou a ser decidido, 4 meses, fez com que a equipa ficasse privada do seu treinador, não tendo sido aplicada igual medida preventiva ao árbitro envolvido no processo.            Por outro lado, elementos da direção e simpatizantes da Associação Desportiva de Machico presentes no local nada presenciaram sobre o chamado “empurrão” ao árbitro em questão, o qual é refletido também no relatório policial do jogo em questão, dado o mesmo informar que não existe nada a declarar, não se compreende portanto como o Conselho de Disciplina toma uma decisão com base, provavelmente, apenas numa das partes. Neste sentido a Associação Desportiva de Machico pondera utilizar todos os meios legais ao seu dispor, no sentido de repor a verdade dos factos.

A Associação Desportiva de Machico não irá pactuar com decisões que coloquem em causa o seu bom nome nem dos seus agentes desportivos, utilizando para isso os meios ao seu dispor na defesa integral do futebol.